Loja Virtual

  • Por que ter uma loja virtual

A cada dia o número de pessoas conectadas a internet aumenta, assim como o período de tempo que estas pessoas ficam na frente de seus computadores. Os consumidores estão preferindo comprar pela internet a ir pessoalmente às lojas físicas por ser mais prático e fácil. Nos próximos anos, o vendedor que não começar a disponibilizar seus produtos de forma online infelizmente não conseguirá sobreviver no nicho de mercado. A internet não mais é exclusiva das camadas mais ricas da sociedade. Hoje em dia é mais fácil ter um computador em casa do que um televisor, consequência da enorme inclusão digital que o governo está promovendo. Segue abaixo algumas vantagens de se ter uma loja virtual:

  • Seus produtos anunciados 24 horas por dia e 7 dias por semana.

  • Não serão necessários gastos com estabelecimento, infra-estrutura, vendedores e etc.

  • Facilidade de compra para o cliente, basta clicar e comprar.

  • Fortalecimento de sua marca e expansão de mercado.

  • De uma forma rápida e fácil seus clientes conseguirão visualizar todos os seus produtos juntamente com suas descrições.

  • Os custos para iniciar uma loja virtual são mínimos em comparação a iniciar uma loja virtual física.

  • Crescimento de vendas

Hoje em dia é visível na mídia que o mercado de vendas online vem aumentando consideravelmente com relação a qualquer outro tipo de mercado. Segue abaixo o crescimento do faturamento de e-commerce no Brasil desde 2001:

  • 2001 = faturamento de R$ 0,54 bilhão

  • 2002 = faturamento de R$ 0,85 bilhão (+ 55% ref. 2001)

  • 2003 = faturamento de R$ 1,18 bilhão (+ 39% ref. 2002)

  • 2004 = faturamento de R$ 1,75 bilhão (+ 48% ref. 2003)

  • 2005 = faturamento de R$ 2,50 bilhões (+ 43% ref. 2004)

  • 2006 = faturamento de R$ 4,40 bilhões (+ 76% ref. 2005)

  • 2007 = faturamento de R$ 6,40 bilhões (+ 45% ref. 2006)

  • 2008 = faturamento de R$ 8,20 bilhões (+ 30% ref. 2007)

  • 2009 = faturamento de R$ 10,6 bilhões (+ 33% ref. 2008)

  • 2010 = faturamento de R$ 14,8 bilhões (+ 40% ref. 2009)

  • 2011 = faturamento de R$ 18,7 bilhões (+ 26% ref. 2010)

  • 2012 = faturamento de R$ 22,5 bilhões (+ 20% ref. 2011)

Fonte eBit - www.e-commerce.org.br. Não considera vendas de automóveis, passagens aéreas e leilões on-line.

Ou seja, no período de dez anos o e-commerce teve um crescimento de mais de 1.640%, o que pode ser considerado um crescimento muito maior do que qualquer outra área de comércio.